Noruega foi destaque nas medalhas dos Jogos Olímpicos de Inverno

Os jogos olímpicos de inverno terminaram no passado domingo e a Noruega, uma vez mais, foi o destaque em Pequim, na China. A Noruega arrecadou 37 medalhas, das quais 16 de ouro.

Esta edição foi conduzida durante o mês de fevereiro onde contou com centenas de jogos e modalidades de grande emoção e prazer.

As medalhas dos Jogos Olímpicos de Inverno

Nestes jogos olímpicos de inverno de 2022 voltou-se a repetir o feito da edição anterior. Nos jogos de 2018 a Noruega foi também a detentora de mais medalhas, onde levou para casa 39, das quais 14 eram ouro.

Agora, em 2022, voltaram a ser os mais premiados, mas desta vez, mesmo com menos duas medalhas, a verdade é que levaram mais medalhas de ouro, onde se tornaram o maior destaque em Pequim, na China.

Assim sendo, terminaram à frente da Alemanha que conquistou 27 medalhas, 12 de ouro, onde também repetiram o pódio da edição de 2018.

Top 5 de medalhas dos jogos olímpicos

NacionalidadeOuroPrataBronzeTotal
Noruega1681937
Alemanha1210527
Canadá481426
Estados Unidos810725

O destaque negativo dos Jogos Olímpicos

Infelizmente não foram apenas as medalhas e os países a serem o destaque desta edição dos jogos olímpicos de inverno de 2022. Na verdade, a patinadora russa Kamila Valieva, com apenas 15 anos, era um dos destaques à conquista de medalhas, mas ficou a ser destaque pelas piores razões.

A patinadora, oriunda da Rússia, era uma das favoritas na modalidade perante os grandes saltos que demonstrava. Mesmo vencendo as provas iniciais frente às americanas e japonesas, acabou notificada que acusou positivo no controlo de doping.

Valieva na boca dos jogos pela investigação

Na verdade, o que poderia ser uns jogos olímpicos de inverno de excelência, principalmente para os apostadores e para os noruegueses, tornou-se um desfecho de tristeza. A investigação ainda se mantém até uma decisão final, contudo a atleta pode continuar a competir.

Por ventura, os resultados das provas de patinagem foram provisórios e as medalhas só serão entregues após finalizarem a decisão, o que pode demorar vários meses. Todavia, mesmo dominando os inícios da patinagem, Valieva acabou por, com a pressão, ficar fora do pódio.

Já se espera pela próxima edição

Assim sendo, nada melhor do que aguardar pelos próximos jogos olímpicos de inverno, que serão disputados em Milão, Itália, em 2026.

Porém, vale realçar que a edição do presente ano contou com a participação de 2911 atletas em representação de 91 países. Infelizmente a edição ainda não contou com público devido à pandemia de Covid-19.

As notícias não quebraram uma excelente edição

Foram várias as notícias que foram surgindo dos jogos olímpicos de inverno, tais como a desqualificação por usarem roupas não autorizadas, atletas com doping e outros fatores de pouco relevo. Contudo, o presidente do Comité Olímpico Internacional, Thomas Bach, considerou que foi uma experiência inesquecível, na cerimónia que decorreu em Pequim, com o apagamento da chama.