As transferências de verão de FC Porto, Sporting CP e Benfica

Na procura por uma melhor prestação desportiva para a época 2022/2023 as equipas procuram nas transferências de verão as melhores oportunidades. Com várias entradas e saídas, de jogadores e treinadores, vamos abordar as transferências mais importantes, principalmente nos três grandes de Portugal, FC Porto, Sporting CP e Benfica, respetivamente.

FC Porto gasta milhões no eixo defensivo

O FC Porto, campeão nacional em título, é a equipa que, mesmo não tendo muitas mexidas, é a equipa que mais impacto terá nas suas mudanças. Assim sendo, Sérgio Conceição sofre várias mexidas no seu plantel.

Entradas

David Carmo é, até ao momento, o jogador com mais destaque nas transferências de verão em Portugal. A troco de 20 milhões de euros, mais objetivos, o jovem português troca o SC Braga pelo FC Porto.

Com 22 anos, defesa central, o jogador deverá ser uma das grandes apostas para o eixo defensivo dos dragões. Assim sendo, junta-se a Pepe, Diogo Leite e Fábio Cardoso.

Saídas

Com muitos rumores, mas com poucas certezas, o FC Porto perdeu, até ao momento, dois dos grandes mestres da época transata. Vitinha e Fábio Vieira saíram do plantel campeão, tendo passado por eles muitos dos pontos conquistados na época.

Vitinha – A troco de 41,5 milhões de euros o médio de 22 anos, internacional português, juntou-se a Danilo Pereira e companhia no PSG. Com uma baixa clausula de rescisão, os franceses foram abaixo da fasquia e levaram assim uma das peças fundamentais de Sérgio Conceição na época 2021/2022.

Fábio Vieira – O jogador que mais se destacou após a saída de Luiz Diaz para o Liverpool vê, também, a sua nova época a passar pela Premier League. 35 milhões de euros foram suficientes para levar o médio ofensivo dos comandos de Sérgio Conceição, juntando-se assim ao Arsenal.

Sérgio Oliveira – Emprestado na época passada à Roma de José Mourinho, o internacional português de 30 anos continuava na lista de dispensados do FC Porto. Por isso, o Galatasaray aproveitou as transferências de verão para levar o médio por 3 milhões de euros, muito abaixo do seu valor de mercado.

Mbemba – O defesa central junta-se ao leque de jogadores que abandonaram o FC Porto a custo zero. Com 27 anos Mbemba exigiu um salário muito acima que Pinto da Costa estava recetível a aceitar, levando assim o defesa a optar por não renovar e a sair a custo zero.

Valores nas transferências de verão

Em suma, o FC Porto recebeu, até ao momento, 79 milhões de euros na suas vendas. Por outro lado, gastou 20 milhões num só jogador.

Sporting CP sente diferença

A equipa leonina, vice-campeã da Liga Portugal é uma das equipas que mais se mexe nas transferências de verão. Com a saída do jogador chave Sarabia, os leões sentem-se obrigados a reforçar o plantel com força.

Entradas

Os movimentos do Sporting CP nas transferências de verão têm sido com base na Liga Portugal, mas todas elas de forma a que tenham impacto a curto prazo.

Jeremiah St. Juste foi a primeira transferência realizada pelos leões, onde adquiriram o passe do defesa central do Mainz. Com 25 anos o holandês junta-se a Coates e companhia para criar um eixo defensivo de qualidade.

Pedro Porro, já lateral no Sporting CP há duas épocas foi oficializado no Sporting CP como jogador do mesmo. Ao fim de dois anos emprestado pelo Manchester City viu a sua opção de compra a ser paga, ficando assim em definitivo num clube que se sente feliz.

Hidemasa Morita troca nas transferências de verão o Santa Clara pelo Sporting CP, sendo o primeiro reforço para o meio-campo leonino. Com 27 anos o japonês vê a sua carreira a passar nas próximas épocas por Lisboa.

Rochinha junta-se a Marcus Edwards na troca do Vitória de Guimarães pelo Sporting CP. O extremo de 27 anos, que já passou pelo FC Porto e Benfica, vê a sua carreira a ser novamente levada para o topo, com a oportunidade de ser feliz em Alvalade.

Franco Israel, após Virgínia terminar o seu empréstimo, reforça a baliza leonina num buraco deixado pelo guarda redes. O jovem de 22 anos troca assim a Juventus pelo Sporting CP, sendo uma aposta clara para o futuro.

Saídas

Assim como o FC Porto, Rúben Amorim perde nas transferências de verão jogadores chave.

Zouhair Feddal – O defesa central marroquino já sabia, antemão, que o Sporting CP não ia proceder à renovação do seu contrato, tendo os leões perdido o jogador de 32 anos a custo zero.

João Palhinha – A perda mais sentida do Sporting CP recaí para João Palhinha. O internacional português de 26 anos troca assim Portugal por Inglaterra, juntando-se ao Fulham de Marco Silva.

Gonçalo Esteves – O jovem de 18 anos viu poucos minutos a serem jogados na época transata, após trocar o FC Porto pelo Sporting CP. Agora, o jovem, terá a oportunidade de crescer num empréstimo realizado com o Estoril.

Valores nas transferências de verão

Assim sendo, o Sporting CP conquistou, até ao momento, 65,80 milhões de euros, colocando aqui as vendas de Nuno Mendes, João Palhinha, Rosier e Gonzalo Plata. Por outro lado, a equipa leonina já investiu 34,45 milhões de euros.

Benfica com vendas lucrativas

A equipa do Benfica, agora com o novo treinador, Roger Schmidt, vê-se obrigado a abanar a estrutura e dar o necessário ao holandês para ter uma época desportiva positiva.

Entradas

David Neres, de 25 anos, é a grande aposta do Benfica nas transferências de verão. O extremo brasileiro troca o Shakhtar Doneskt pelo Benfica numa oportunidade de brilhar no eixo ofensivo.

Mihailo Ristic, o primeiro reforço para a época de 2022/2023 e para o novo treinador encarnado. Após termino do seu contrato com o Montpellier, o sérvio, lateral esquerdo de 25 anos, investe na sua carreira com uma passagem por Portugal.

Petar Musa já era falado há alguns meses para ser reforço dos encarnados e finalmente o conseguiu. O croata de 24 anos, ponta de lança, troca assim o Boavista pelo Benfica.

Alexander Bah é o reforço que faltava aos encarnados na lateral direita. O jovem de 24 anos, dinamarquês, junta-se à equipa de Schmidt, após várias épocas no Slavia Praga.

João Victor que após uma novela com o brasileiro, que passava pelo FC Porto e por Lisboa, o defesa central foi contratado pelo Benfica. Após carreira no Corinthians o jovem de 23 anos junta-se ao leque de brasileiros dos encarnados para uma integração mais fácil.

Saídas

Várias mexidas de devem seguir num plantel que Schmidt quer trabalhar. Ainda que poucas mexidas, uma delas causa impacto imediato.

Darwin Núñez – O ponta de lança da época, considerado pela Liga Portugal, é o avançado que abandona o Benfica após uma época pouco vitoriosa. Todavia, os encarnados precisavam de encaixe financeiro e assim o conseguiram.

Éverton – O extremo brasileiro não se conseguiu afirmar e ser feliz em Portugal, optando assim por voltar ao seu país de raiz e tentar a ter bons números.

Valores nas transferências de verão

O Benfica foi a equipa que mais lucrou nestas transferências de verão, destacando-se com a grande venda do avançado do Uruguai. Assim sendo, o Benfica arrecadou até ao momento 104 milhões de euros, vendendo além dos mencionados Jota, Gedson e Pedro Pereira.

Do lado das entradas os encarnados investiram 36,80 milhões de euros, mas não devem ficar por aqui.